Bem-vindo! Terça, 17/10/2017.
Agora na TV 19:20h JORNAL DA BAND / 20:25h EXATHLON BRASIL / + programas
Busca
Tempo em SC

Agricultura

COLUNISTAS

Ver todos
09/09/2016

Agricultura

Agricultores familiares investem na panificação para diversificar a produção

Agricultores familiares investem na panificação para diversificar a produção Divulgação Internet
Por Assessoria de Imprensa Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca

Agregar valor aos produtos da agricultura familiar e diversificar as fontes de renda têm sido ações dos produtores rurais catarinenses. Muitos deles passaram a investir na produção de pães e bolos como forma de aumentar o lucro e a competitividade das propriedades. Ao longo dos últimos seis anos, o Programa SC Rural já apoiou 86 projetos voltados para implantação ou melhoria de unidades industriais de panificação no Estado, num investimento de aproximadamente R$ 13 milhões.
A família de Vilmar Klehm, que vive no interior de Taió, é uma das beneficiadas com recursos para o projeto de panificação. Vilmar contou com o apoio financeiro do Programa SC Rural no valor de R$ 29. 832,00 e deu uma contrapartida. A família construiu uma agroindústria nova, atendendo as normas sanitárias e a legislação, e adquiriu equipamentos mais modernos. Com as melhorias, a produção aumentou 30% e o trabalho ficou mais fácil. Os Klehm produzem 620 pães e 180 bolos e cucas por semana, todos caseiros, e a expectativa é de que a produção aumente ainda mais.
“Estamos plenamente convictos de que, sem o apoio financeiro e técnico recebido, não teríamos condições de chegar à situação atual”, afirma Vilmar. As duas filhas do casal já pensam em continuar na propriedade rural e ajudar os pais na administração do empreendimento. A produção de pães e bolos da família Klehm é comercializada por meio da Coopertaió.
Programa SC Rural
O Programa SC Rural nasceu em 2011 e termina em junho de 2017, é executado pelo Governo do Estado em parceria com o Banco Mundial e destina recursos não reembolsáveis a empreendimentos da agricultura familiar, mediante contrapartida dos beneficiários. Os empreendimentos apoiados abrangem atividades agrícolas ou não agrícolas (como o turismo rural).
O SC Rural é coordenado pela Secretaria da Agricultura e da Pesca e, por envolver atividades multissetoriais, é executado por diversas instituições: Epagri, Cidasc, Fatma, Polícia Militar Ambiental, Secretaria de Turismo, Cultura e Esportes, Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável e Secretaria de Infraestrutura



 









Últimas Notícias

Agricultura

Santa Catarina passa a contar com Núcleo de Inovação Tecnológica para Agricultura Familiar

Agricultura

Agronegócio catarinense sente os efeitos da estiagem

Agricultura

Santa Catarina encerra colheita de milho com incremento de 17% na produção