Bem-vindo! Sexta, 18/08/2017.
Agora na TV 20:25h MIL E UMA NOITES / 21:10h SHOW DA FÉ / + programas
Busca
Tempo em SC

Educação

COLUNISTAS

Ver todos
25/04/2017

Educação

Novas tecnologias auxiliam na alfabetização de crianças em SC

Novas tecnologias auxiliam na alfabetização de crianças em SC Fotos: Helena Marquardt/ADR Ibirama
Por Secom

Há alguns anos, a alfabetização de crianças em todo o país era baseada em livros e no conteúdo repassado pelos professores no tradicional “quadro negro” e copiado pelos alunos em cadernos, mas atualmente a realidade da Educação em Santa Catarina vem sendo modificada graças ao uso de novas tecnologias. Hoje estudantes da Rede Estadual de Ensino podem contar com ferramentas como tablets, lousas digitais e computadores e ter acesso a jogos interativos que fazem a diferença na vida escolar das crianças e tornam o estado uma referência quando o assunto é educação de qualidade. Um exemplo positivo de como as novas tecnologias tem ajudados professores e alunos, vem da escola de Educação Básica Orlando Bertolli, em Presidente Getúlio, onde os estudantes do primeiro ano aprenderam a ler e a escrever com o auxílio de jogos que além de divertir garantem resultados expressivos.

A professora Ana Maria Gregolin explica que a sala de informática é um dos recursos tecnológicos que mais ajudam na alfabetização e que o espaço é utilizado de diversas maneiras, principalmente para pesquisa e para jogos. “Os jogos são muito atrativos para as crianças porque tudo que elas visualizam conseguem gravar mais fácil e quando elas interagem com o jogo nunca mais esquecem. Com esses jogos pudemos perceber a evolução dos alunos, inclusive aqueles que tinham mais dificuldade.”

Ela conta que com o tempo, os próprios alunos passaram a ajudar os colegas nas tarefas. “Um estudante que passava de fase ajudava o outro a passar também. Percebemos que tudo que é lúdico e diferente a criança tem um aproveitamento muito melhor. Fizemos os testes de avaliação e nas 18 crianças da sala e percebemos que 10 já tinham assimilado o alfabeto em um curto espaço de tempo.”

A professora, que atua há 25 anos em sala de aula, ressalta ainda que os professores precisam se adaptar a nova geração que já convive com a tecnologia nos primeiros anos de vida. “Eles são muito ativos e precisamos inovar. Se ficarmos só com o quadro e o lápis a gente não consegue atrair totalmente a criança, temos que unir as duas coisas.”

O pequeno Lucas Eduardo Schurt, de apenas seis anos, também garante que aprende muito mais quando a aula é divertida. “Gosto de jogar esses jogos, é minha atividade preferida e já consigo passar todas as fases. Nesse jogo mostra o objeto e a gente tem que colocar as letras e formar a palavras”, afirma.

A diretora da escola, Jucimeri Cristina da Conceição Beppler, também acredita que o uso das novas tecnologias que são oferecidas pelo Governo do Estado é fundamental. “O aluno hoje já tem acesso à tecnologia em casa. A maioria dos pais já tem um celular ou um tablet e então essa criança do primeiro ano já chega na escola com esse conhecimento e nós precisamos utilizar essas ferramentas a favor do ensino.”

Estado é referência em Educação de qualidade

Se tratando de Educação, Santa Catarina, tradicionalmente é um dos estados mais bem avaliados pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) seja nas séries iniciais ou finais, com números bastante semelhantes ao de países desenvolvidos e o bom desempenho não é por acaso.

Adalberto Gomes Ribeiro, do Departamento de Tecnologia Educacionais da Secretaria de Estado da Educação (SED), explica que Santa Catarina desenvolve diversos programas que auxiliam estudantes e que no estado os alunos também tem acesso a equipamentos como tablets, computadores e lousa digitais que tornam as aulas mais proveitosas e atrativas.

Além dos cursos de formações continuada oferecidos regularmente aos professores, os Núcleos de Tecnologias Educacionais (NTE) das Agências de Desenvolvimento Regionais (ADRs) também oferecem capacitações específicas organizadas de acordo com a necessidade de cada escola.

Adalberto revela que em breve Santa Catarina será pioneira no país com a utilização do Google For Education na Rede Pública. O pacote de ferramentas completamente gratuito, que será implantado até setembro, deve otimizar ainda mais o ensino oferecendo ferramentas como email, armazenamento de documentos e fotos, opções de videoconferências e aplicativos criados especialmente para uso em sala de aula. 









Últimas Notícias

Educação

Acadêmicos da Udesc que farão Enade 2017 devem preencher cadastro na internet

Educação

Vestibular de Verão 2018 da Udesc abrirá inscrições em 4 de setembro para 49 cursos

Educação

Inscrições para vagas remanescentes do Prouni começaram hoje