Bem-vindo! Sábado, 27/05/2017.
Agora na TV 16:00h BRASIL URGENTE / 19:20h JORNAL DA BAND / + programas
Busca
Tempo em SC

Eleições

COLUNISTAS

Ver todos
08/05/2017

Eleições

Revisão de eleitorado obrigatória inicia em mais seis municípios em SC

Revisão de eleitorado obrigatória inicia em mais seis municípios em SC Imagem: Divulgação internet
Por Assessoria TRE-SC

Mais seis municípios em Santa Catarina começaram a realizar a revisão de eleitorado nesta segunda-feira (8). Os eleitores de Trombudo Central, Braço do Trombudo, Imaruí, Papanduva, Garuva e Itapoá devem agendar seu atendimento no site do TRE-SC e evitar assim o cancelamento dos seus títulos eleitorais. O prazo para o comparecimento nesses municípios vai até o dia 27 de outubro de 2017, com exceção de Papanduva, onde o prazo é maior e vai até o dia 24 de novembro de 2017.

Em alguns desses seis municípios, o cadastramento já vinha sendo realizado ordinariamente. Foi o que aconteceu nos municípios de Itapoá e de Garuva, que iniciaram o atendimento de forma ordinária no final de março e já estão com, respectivamente, 25,8% e 17,6% do eleitorado biometrizado. Trombudo Central, Braço do Trombudo e Papanduva iniciaram o procedimento no dia 3 de abril e estão, nessa ordem, com 5,6%, 1,4% e 0,9% dos eleitores cadastrados. Imaruí começou a realizar a biometria de forma ordinária no dia 25 de abril e, por isso, encontra-se com apenas 0,8% dos eleitores biometrizados.

Desde o final de abril, a revisão de eleitorado já vem sendo feita em oito municípios: Jaraguá do Sul, Corupá, Brusque, Guabiruba, Botuverá, Itajaí, Balneário Camboriú e Camboriú. Nesses municípios, o processo de revisão acontece até o dia 7 de dezembro de 2017. Além disso, mais 40 municípios em Santa Catarina estão cadastrando biometricamente eleitores de forma ordinária, ou seja, não obrigatória. Confira a lista completa de todos os municípios e os prazos para comparecimento.

Revisão de eleitorado e biometria
A revisão do eleitorado é um procedimento realizado para confirmação dos eleitores que têm efetivamente vínculo com o município. Nesses municípios, os eleitores terão suas digitais e foto colhidas para o cadastramento biométrico. Para fazer o procedimento, é necessário que o eleitor leve documento de identificação com foto, comprovante de residência recente e comprovante de alistamento eleitoral – para os homens maiores de 18 anos e que vão fazer o primeiro título.

A biometria é um método tecnológico que permite reconhecer, verificar e identificar uma pessoa por meio de suas impressões digitais, que são únicas. Na Justiça Eleitoral, o cadastro biométrico é utilizado para tornar as eleições ainda mais seguras e prevenir fraudes. 









Últimas Notícias

Eleições

Até o dia 2 de maio os eleitores devem regularizar sua situação com TRE

Eleições

Tudo pronto no TRE para a eleição do segundo turno

Eleições

Candidatos ao segundo turno não podem ser presos a partir deste sábado