Bem-vindo! Domingo, 23/04/2017.
Agora na TV 18:20h 3º TEMPO / 20:00h SÓ RISOS / + programas
Busca
Tempo em SC

Empregos

COLUNISTAS

Ver todos
17/03/2017

Empregos

SC tem a segunda melhor geração de empregos do Brasil em fevereiro

SC tem a segunda melhor geração de empregos do Brasil em fevereiro Imagem: Divulgação internet
Por Secom

Santa Catarina teve o segundo maior saldo de empregos do Brasil, com o registro de 14.858 novas vagas no mês de fevereiro deste ano, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego.

O saldo positivo no país foi de 35.612 novas vagas formais, sendo o estado de São Paulo o primeiro colocado com 25.412 registros de emprego. São mais de 38 mil trabalhadores com carteira assinada somente em fevereiro. Em fevereiro deste ano, foram 1.250.831 contratações contra 1.215.219 demissões.

Para o secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, Valmir Comin, os dados são muito satisfatórios. “Nos faz entender que, proporcionalmente pelo número de habitantes, Santa Catarina é o melhor no ranking do país. Não tem como não comemorar muito. Significa dizer que estamos no caminho certo da retomada do crescimento”, afirmou.

Em Santa Catarina, nos municípios com mais de 30 mil habitantes, os maiores saldos de empregos foram gerados em Blumenau, que teve um saldo positivo de 1.487. Jaraguá do Sul foi o segundo melhor saldo com 1.004, seguido de Brusque, que teve 955 novos empregos.

Estes números mostram uma recuperação importante da economia, como a indústria de transformação onde foram abertas 10.859 oportunidades. O setor de serviços teve 2.104 novos empregos e a administração pública abriu 1.829 postos de emprego. Na contramão, esteve o setor de comércio, que confirmou o fechamento de 1.759 postos de trabalho. 









Últimas Notícias

Empregos

Aposentadoria: exigência deve cair para 40 anos

Empregos

Empregador doméstico tem até hoje para pagar eSocial de março

Empregos

Ministro do Trabalho esteve em Chapecó para esclarecer dúvidas sobre nova legislação