Bem-vindo! Terça, 30/05/2017.
Agora na TV 02:05h COPA DO MUNDO SUB-20 MASCULINO FI / 02:35h VÍDEOS INCRÍVEIS / + programas
Busca
Tempo em SC

Esportes

COLUNISTAS

Ver todos
04/04/2017

Esportes

Com festa e emoção, Chape e Nacional iniciam decisão da Recopa

Com festa e emoção, Chape e Nacional iniciam decisão da Recopa Foto: Twitter/Atlético Nacional
Por Band

Exatamente 125 dias depois da tragédia aérea que matou 71 pessoas - entre jogadores e membros da comissão técnica e da diretoria da Chapecoense, além de jornalistas e tripulantes -, a partida entre Chapecoense e Atlético Nacional vai acontecer. Não será em Medellín, na Colômbia, como seria a primeira final da Copa Sul-Americana, mas sim na Arena Condá, em Chapecó, às 19h15, pelo duelo de ida da decisão da Recopa Sul-Americana.

Nesta segunda-feira, a delegação do Atlético Nacional, atual campeão da Copa Libertadores, chegou à cidade catarinense e foi recebida com muita festa e emoção pela população chapecoense. Muitas homenagens foram preparadas por autoridades e torcedores da cidade catarinense.

Na pista do aeroporto Serafim Enoss Bertaso, a descida da aeronave da Avianca que transportava os colombianos - um voo comercial que partiu de São Paulo, fez escala em Florianópolis e chegou a Chapecó às 13h45 - foi recepcionada com um portal de jatos d´água feito por dois caminhões do Corpo de Bombeiros, em um tipo de homenagem comum na aviação. Em seguida, os integrantes da comissão técnica, jogadores do clube e o prefeito de Medellín, Federico Gutiérrez, passaram por um corredor de jogadores da base do time brasileiro com camisas e bandeiras das duas agremiações.

Todos foram cumprimentados pelo prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, e pelo presidente da Chapecoense, Plínio Davi De Nês Filho. Um dos sobreviventes do acidente aéreo ocorrido em novembro do ano passado, o radialista Rafael Henzel distribuiu medalhas especiais com a mensagem "campeões do mundo em respeito e solidariedade". Houve muita emoção na festa programada para agradecer o carinho dos rivais após a tragédia do dia 29 de novembro do ano passado.

Após deixar o terminal do aeroporto, a delegação da equipe colombiana seguiu de ônibus para o hotel onde está hospedada e foi recepcionada por centenas de torcedores da Chapecoense. O Atlético Nacional também fez, nesta segunda-feira, um treino de reconhecimento na Arena Condá.

O estádio foi confirmado como palco da decisão da Recopa Sul-Americana na semana passada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). A entidade concedeu uma "autorização excepcional" para o clube brasileiro. De acordo com o regulamento geral das competições da Conmebol, uma arena precisa ter capacidade mínima de 40 mil lugares para receber uma decisão de torneio organizado pela entidade. A arena de Chapecó possui apenas 20.089 assentos disponíveis.

Times
Com um time totalmente remodelado - mais de 20 jogadores e uma nova comissão técnica, agora sob o comando de Vágner Mancini, foram contratados -, a Chapecoense encara o Atlético Nacional em um bom momento. Lidera o Campeonato Catarinense e faz boa campanha na Copa Libertadores. Já os colombianos, que venderam vários atletas no final do ano, buscam melhor entrosamento para a sequência da temporada. 









Últimas Notícias

Esportes

Festa alemã marca abertura dos Jogos Abertos da Terceira Idade

Esportes

Jogos Abertos da Terceira Idade começa nesta quarta em Blumenau

Esportes

Prefeitura da capital oferece atividades aos domingos na Beira-Mar