Bem-vindo! Sexta, 18/08/2017.
Agora na TV 11:00h JOGO ABERTO / 12:30h MEIO-DIA CATARINA / + programas
Busca
Tempo em SC

Geral

COLUNISTAS

Ver todos
14/03/2017

Geral

Casan retoma obras de água e esgoto em São José e anuncia novos investimentos

Casan retoma obras de água e esgoto em São José e anuncia novos investimentos Imagem: Casan/Divulgação
Por Casan

Às vésperas de seu aniversário, o município de São José recebe duas boas notícias da CASAN: acaba de ser emitida a licença ambiental que permite retomar as obras do Sistema de Esgotamento Sanitário na cidade e foi concluída a licitação do último trecho da Macroadutora 1.200, que vai ampliar o abastecimento de água à população. São José completa 267 anos no próximo domingo, dia 19.

“A retomada destas duas obras demonstra a determinação da Companhia em investir cada vez mais em São José”, destaca o diretor-presidente da Companhia, Valter Gallina. São José está recebendo o maior volume de investimentos que a CASAN já fez no município.

A continuidade das obras de dois projetos de ampliação dos sistemas de esgoto, que somam mais de R$ 19 milhões, aguardavam a emissão de nova licença ambiental. “Projetamos entregar esses sistemas à cidade até março do próximo ano”, prevê o engenheiro Fábio Krieger, gerente de Construção da CASAN.

Já foram implantados 60% de rede, mas os trabalhos tiveram de ser interrompidos porque venceu a vigência da licença ambiental que havia sido emitida pelo órgão ambiental do Município. Por força de mudança na legislação, a renovação teve de ser solicitada à FATMA, órgão ambiental estadual, o que está sendo feito esta semana.

Com a conclusão da licitação do último trecho da Macroadutora 1.200 mm, no próximo verão a população de São José já terá mais água. A empresa paulista Stemag, vencedora da licitação, tem até dezembro para concluir os 1.270 metros restantes desta tubulação de grande porte, que liga o trevo da BR-101 (em Forquilhinha) ao trevo da Ivo Silveira com a Via Expressa. O último trecho da adutora reforçará o abastecimento de água aos bairros Serraria, Barreiros e a própria região da Forquilhinhas, que não param de crescer. Com a operação plena do Sistema Flocodecantador, que aumentou no ano passado a capacidade de tratamento de água para a Região Metropolitana, a nova adutora se tornou fundamental para dar mais tranquilidade à distribuição em São José.

No total, a CASAN está investindo R$ 88,6 milhões para melhorar o abastecimento de água e os sistemas de esgoto. Em dezembro passado já foi concluído o reservatório da Rua Irineu Comelli, uma reserva de mais 1 milhão de litros de água. Outros dois reservatórios serão entregues até 2018, ampliando em 140% a capacidade de reserva do município.

“Somente em reservatórios estamos investindo quase R$ 10 milhões para aumentar em 14 milhões de litros a capacidade técnica da cidade”, explica o engenheiro Rodrigo Maestri, gerente de Operação da CASAN.

Outro investimento de vulto em São José é a obra de modernização da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Potecas. O presidente Gallina liberou, via licitação, R$ 3 milhões para redimensionar o sistema de chegada do esgoto coletado, recuperar os canais de distribuição do efluente, trocar toda a lona de cobertura dos reatores e construir um prédio para abrigar a nova centrifuga com capacidade de desidratar 70 metros cúbicos de lodo por hora.

“Essa modernização já prepara a estação para ampliar a coleta na cidade e, especialmente, vai eliminar o odor produzido pela estação, atendendo a uma reivindicação dos moradores próximos e um pleito da Prefeitura”, diz o engenheiro Gallina. “E já iniciamos projeto para transformá-la na maior e mais moderna estação de tratamento de esgoto de Santa Catarina.”

Serviço:
Investimentos da CASAN que beneficiam São José: R$ 88,6 milhões

:: Esgotamento Sanitário:
Sistemas de Esgotamento Sanitário: R$ 19.238.884,00
Contrato de Projeto para Ampliação do SES: R$ 1.148.846,00
Reformulação ETE Potecas: R$ 3.061.000,00

:: Abastecimento de Água:
3 Novos Reservatórios: R$ 9.961.482,00
Adutora 1.200 mm: R$ 20.268.753,09
Macromedidores: R$ 250.000,00
Sistema Flocodecantador: R$ 29.310.339,00
Ampliação de redes: R$ 633.429,00

:: Repavimentação:

R$ 4.761.910,00 (Em 2016) 









Últimas Notícias

Geral

Defesa Civil de Santa Catarina faz teste com radar meteorológico móvel em Florianópolis

Geral

Casan usa tecnologia limpa em obra de esgoto para proteger Aquífero dos Ingleses

Geral

Cerca de 200 agricultores sem terra continuam acampados na sede do Incra, em São José