Bem-vindo! Sábado, 24/06/2017.
Agora na TV 08:55h TRUQUES DE COZINHA / 09:25h QUERO CARRO NA TV / + programas
Busca
Tempo em SC

Geral

COLUNISTAS

Ver todos
11/04/2017

Geral

'Floripa Legal' apreende mais de 13 mil produtos em três meses

'Floripa Legal' apreende mais de 13 mil produtos em três meses Foto: Rubens Cardiga Alves
Por Assessoria de imprensa

A Operação Floripa Legal mudou a rotina da cidade com os calçadões livres e sem ambulantes ilegais pelas ruas, a partir da presença da Guarda Municipal no Centro Histórico e nos principais balneários. Viaturas e motos da corporação estão em pontos estratégicos e fazem rondas constantes nas vias públicas, juntamente com fiscais da Superintendência de Serviços Públicos (SUSP), para combater o comércio ilegal, fiscalizar e apreender mercadorias em locais irregulares ou sem permissão e procedência.

De acordo com balanço divulgado nesta segunda-feira (10) pela Prefeitura de Florianópolis, mais de 13 mil produtos foram apreendidos desde o início da Operação, há três meses. No topo da lista das mercadorias aparecem peças de roupas, como bermudas, camisas e roupas de praia. Os ambulantes ilegais também vendiam bolsas, perfumes, relógios, bijuterias e calçados. Só de alimentos e bebidas, foram cerca de duas mil apreensões feitas pelos fiscais.

A abordagem dos agentes da Guarda Municipal e dos fiscais da SUSP aos ambulantes tem sido feita não somente nas ruas, como também dentro dos terminais de ônibus, camelôs, praças e áreas comerciais. Segundo a secretária de Segurança Pública, Maryanne Mattos, o objetivo é retomar a ordem pública e a legalidade no município. “A questão não é o confronto com os ambulantes, mas sim a fiscalização e a proibição da venda ilegal, dos ambulantes sem alvarás. As pessoas mesmo nos procuram e denunciam”, acrescenta.

A ação, que é realizada em conjunto com Polícias Militar e Civil, CECOP, PROCON e CDL, deve intensificar nos próximos meses para outras regiões da cidade.


Lista de produtos apreendidos:
Peças de roupa (bermudas, camisas, casacos, jaquetas, de praia)
Bolsas, chapéus, cintos, óculos, relógios, viseiras e bijuterias
Alimentos (churros, queijo coalho, abacaxis, morangos, milhos)
Tapetes, toalhas, panos de louça, flanelas, mantas e redes
Calçados (pares de tênis, de sandálias)
Cadeiras de praia e guarda-sóis
Perfumes
Capas de celular e pau de selfie
Garrafas de bebidas alcoólicas
Carrinhos (coquetel, milho, choripan, sorvete) e churrasqueiras 









Últimas Notícias

Geral

Iniciativa tem buscado valorizar ainda mais um dos principais elementos da culinária típica da capital: a Tainha

Geral

Bem-Estar Animal está promovendo uma campanha de arrecadação de cobertores para os animais

Geral

Líderes rurais de SC estiveram hoje em Florianópolis para discutir as perspectivas do agronegócio