Bem-vindo! Terça, 22/08/2017.
Agora na TV / / + programas
Busca
Tempo em SC

Geral

COLUNISTAS

Ver todos
12/04/2017

Geral

Colombo repassa R$ 4,5 milhões à Associação dos Bombeiros Voluntários

Colombo repassa R$ 4,5 milhões à Associação dos Bombeiros Voluntários Foto: Julio Cavalheiro/Secom
Por Secom

O governador Raimundo Colombo repassou na manhã desta terça-feira, 11, em Joinville, R$ 4,5 milhões para a Associação dos Bombeiros Voluntários no Estado de Santa Catarina (Abvesc). Os recursos do governo estadual são destinados à manutenção e compra de equipamentos. O ato foi realizado no novo quartel do Corpo de Bombeiros Voluntários, com a presença dos secretários de Estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro; da Comunicação, João Evaristo Debiasi, e da Agência Regional de Joinville, Simone Schramm.

“A entidade trabalha com muitas dificuldades e, mesmo assim, atende vários municípios e presta um serviço de grande relevância, com um custo muito menor. Então a gente tem que ajudar e dar esse apoio para que os bombeiros voluntários continuem se aperfeiçoando, comprando novos equipamentos e se superando para enfrentar os desafios da sua missão”, destacou o governador.

A entidade engloba 31 corporações de Santa Catarina, e cada município recebe valor proporcional à população. Os Bombeiros Voluntários são sociedades civis autônomas, de direito privado, com certificado de entidade filantrópica, que sobrevivem de contribuições e doações da comunidade em geral e pessoas jurídicas. Conquistaram institucionalmente o direito de receber, sistematicamente, uma subvenção financeira do Governo Estadual desde 1991.

“Somente aqui em Joinville temos 35 mil contribuintes que pagam valores pequenos pela conta de luz, que é a nossa principal fonte de receita. Mas esses recursos nunca são suficientes. Todo ano, complementamos a receita com recursos transferidos do Estado. Dessa vez, foi o convênio de valor mais expressivo na história da Abvesc”, contou o diretor-presidente da associação, Moacir Thomazi.

A Abvesc foi fundada em 1994, quando existiam apenas 11 corporações voluntárias no Estado, atuando com integrantes civis, com qualificação e treinamento para poder prestar o serviço. Atualmente, são 3,7 mil pessoas que prestam serviço, sob regime de voluntariado, para a execução de serviços de combate a incêndios, busca e salvamento, prestação de socorros em caso de emergências, desabamentos, inundações, catástrofes e calamidades públicas. 









Últimas Notícias

Geral

Defesa Civil de Santa Catarina faz teste com radar meteorológico móvel em Florianópolis

Geral

Casan usa tecnologia limpa em obra de esgoto para proteger Aquífero dos Ingleses

Geral

Cerca de 200 agricultores sem terra continuam acampados na sede do Incra, em São José