Bem-vindo! Segunda, 23/10/2017.
Agora na TV 08:00h CAFÉ COM JORNAL / 09:10h DIA DIA / + programas
Busca
Tempo em SC

Meio Ambiente

COLUNISTAS

Ver todos
05/05/2017

Meio Ambiente

Horta Comunitária do Campeche promove oficina para ensinar como funciona a compostagem

 Horta Comunitária do Campeche promove oficina para ensinar como funciona a compostagem Divulgação Internet
Por Assesoria Imprensa

Encontro acontece neste domingo  a partir das 10h

A compostagem é o processo de degradação da matéria orgânica, que propicia inúmeros benefícios. Sabendo do alto impacto, a Associação de Moradores do Campeche (Amocam) realizará no próximo domingo (7), às 10h, na horta comunitária do Campeche, uma oficina para orientar os participantes de como fazer a separação dos resíduos orgânicos em casa.

No local, o especialista Eduardo Elias fará uma aula expositiva explicando o passo a passo de uma compostagem e como identificar quando os resíduos tornaram-se adubo. O evento tem duração de até duas horas. O local é próximo ao novo posto de saúde do bairro, no Parque Cultural do Campeche (Pacuca).

Para Bianca Pulice, voluntária na Amocam, a oficina tem objetivo de evidenciar a importância da compostagem e mostrar como é possível a compostagem fechar um ciclo. “Queremos apresentar o ciclo do prato ao prato, em que o resto de comida pode no futuro servir de adubo para outro alimento”, explica.

Ganhando espaço nas residências urbanas, a compostagem gera uma importância enorme tanto para o meio ambiente e para a saúde dos seres humanos. Na maioria das vezes o lixo orgânico é descartado em aterros sanitários ou pior, fica a céu aberto podendo gerar doenças. Com a compostagem, evita-se o acúmulo nos aterros e faz com que a matéria orgânica volte a ser usada para o plantio, por exemplo, de um “temperinho”, manjericão, que pode ser usado para o preparo da comida em casa. É um ciclo sustentável.

De acordo com Zenito Custódio, Assessor Técnico da Comcap, a iniciativa na horta comunitária da Amocam é de extrema importância. “A Comcap deixa de levar ao aterro sanitário em Biguaçu cerca de 10 toneladas ao mês, graças a ação de compostagem realizada no Pacuca”, afirma.

A oficina é gratuita e as inscrições são limitadas. Para participar é necessário preencher o formulário de inscrição clicando aqui. https://goo.gl/forms/9tlgv007AJhtm2MN2
 









Últimas Notícias

Meio Ambiente

Mais de 75% dos pontos monitorados nas praias catarinenses estão próprios para banho

Meio Ambiente

Seis rios estão em situação de emergência em SC por conta da estiagem

Meio Ambiente

Mais de 700 estudantes vão participar do Desafio Sustentável