Bem-vindo! Segunda, 24/11/2014.
Agora na TV / / + programas
Busca
Tempo em SC

Polícia

Publicidade

COLUNISTAS

Elaine Maieski

Elaine Maieski

Estado de saúde do Governador Colombo é normal, diz assessoria.

O estado de saúde de Raimundo Colombo é a manchete predominante nesta terça-feira (18). Há m...

Gustavo Bossle

Gustavo Bossle

Videoblog - Vamos desvendar os segredos da Ponte Preta?!

O apresentador e jornalista Gustavo Bossle comenta sobre o jogo entre JEC e Ponte Preta, a final ...

Ver todos
12/07/2012

Polícia

Acusados são presos em Operação Falcatrua da Polícia Federal em Itajaí

Acusados são presos em Operação Falcatrua da Polícia Federal em Itajaí Daniel Santos
Por Gabrielle Ravasco

Golpes foram aplicados em Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul e Minas Gerais

Os acusados seriam responsáveis por aplicar golpes em bancos no valor de R$ 300 mil mensais, através de dados de segurados do INSS. as prisões foram simultâneas em residências de Itajaí, Balneário Camboriú, Itapema e Camboriú, no Vale do Itajaí. Dos envolvidos, cinco seriam laranjas do grupo.

O restante seria de uma quadrilha organizada, especializada em aplicar golpes na Previdência Social. Utilizando nomes e dados dos segurados, os homens conseguiam empréstimos bancários, os golpes foram aplicados em Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul e Minas Gerais. A estimativa é de que o grupo movimentava R$ 300 mil por mês com o crime.

Com os envolvidos foram apreendidos impressoras, aparelhos para falsificação de assinaturas, diversos documentos em branco para a confecção de identidades e carteiras de motoristas falsas. Os papéis vinham de São Paulo e vão passar por perícia para saber se são originais. A polícia garante que o líder da quadrilha cometia esse tipo de crime há mais de 20 anos.

Segundo a polícia, para cometerem os crimes, os acusados tinham informações privilegiadas sobre os segurados do INSS. As investigações vão continuar e os policiais agora querem saber como eles conseguiam esses dados e se existem mais pessoas envolvidas.

Os suspeitos foram encaminhados para os presídios de Itajaí e vão responder por estelionato qualificado, uso de documento falso, ameaça, falsificação de documento público e formação de quadrilha.









Últimas Notícias

Polícia

Gaeco prende três pessoas em flagrante em Lages

Polícia

Operação da PF aponta esquema de corrupção em três órgãos públicos de Florianópolis

Polícia

Polícia Civil apreende 12 máquinas caça-níqueis em residência de Blumenau