Bem-vindo! Quarta, 26/11/2014.
Agora na TV 03:00h IGREJA UNIVERSAL / 06:00h CAFÉ COM JORNAL / + programas
Busca
Tempo em SC

Polícia

Publicidade

COLUNISTAS

Elaine Maieski

Elaine Maieski

Estado de saúde do Governador Colombo é normal, diz assessoria.

O estado de saúde de Raimundo Colombo é a manchete predominante nesta terça-feira (18). Há m...

Gustavo Bossle

Gustavo Bossle

Videoblog - Vamos desvendar os segredos da Ponte Preta?!

O apresentador e jornalista Gustavo Bossle comenta sobre o jogo entre JEC e Ponte Preta, a final ...

Ver todos
08/07/2013

Polícia

Lutadores de MMA se envolvem em briga em posto de gasolina no litoral Norte, um deles está no hospital

Lutadores de MMA se envolvem em briga em posto de gasolina no litoral Norte, um deles está no hospital Reprodução câmeras de segurança/Daniel Santos
Por Redação Band SC

A causa da confusão foi causada por um dos lutadores que abordou uma garota no caixa do estabelecimento

As imagens das câmeras de segurança registraram o momento que o lutador de MMA Maiquel Falcão está dentro de uma loja de conveniência de um posto de combustíveis, no litoral catarinense.

O atleta assedia uma menina que estava no caixa do estabelecimento, a jovem reclama e acaba sendo agredida no rosto pelo lutador. A menina vai até a porta da loja e chama os amigos que entram no local e iniciam a briga.

Como Maiquel está o também lutador Kauê Mena. Eles entram em briga corporal com o grupo que estava com a garota. Eles seguem a briga fora da loja. Quando um dos amigos da moça pega um pedaço de pau e atinge os lutadores.

O lutador Kauê Mena caiu no chão desmaiado e continua sendo agredido pelo grupo. Ainda desacordado um homem volta e agride novamente o lutador que permanece no chão. É possível também ver a hora que Maiquel Falcão é agredido na cabeça e desmaia. Os dois foram socorridos e levados para o hospital.

Maiquel Falcão sofreu ferimentos leves e já foi liberado da unidade. Kauê Mena permanece a Unidade de Terapia Intensiva do Hospital do Coração, em estado grave, segundo informações.

A Polícia Militar abriu um inquérito para apurar o caso, até o momento ninguém foi preso.

O dono do posto de combustíveis, Wanderley Paixão, relatou que não é a primeira vez que os lutadores criam confusão no local. No ano passado cerca de oito lutadores agrediram os funcionários do restaurante.

O empresário dos atletas disse a nossa equipe que o caso não será comentado em respeito à família dos atletas.









Últimas Notícias

Polícia

Gaeco prende três pessoas em flagrante em Lages

Polícia

Operação da PF aponta esquema de corrupção em três órgãos públicos de Florianópolis

Polícia

Polícia Civil apreende 12 máquinas caça-níqueis em residência de Blumenau