Bem-vindo! Quarta, 28/09/2016.
Agora na TV 11:00h JOGO ABERTO / 12:30h JOGO ABERTO SC / + programas
Busca
Tempo em SC

Polícia

18/11/2013

Polícia

Polícia investiga morte de empresário da construção civil em Balneário Camboriú, no Litoral Norte do Estado

Polícia investiga morte de empresário da construção civil em Balneário Camboriú, no Litoral Norte do Estado
Por Redação Band SC

 Ele foi encontrado morto com um tiro no peito na manhã do último domingo (17)

Um empresário de Balneário Camboriú, conhecido com um dos mais importantes no ramo da construção civil no sul do país, foi encontrado morto na manhã do último domingo (17). A polícia ainda não sabe se ele foi vítima de um homicídio ou se tirou a própria vida.

Rogério Rosa tinha 59 anos, ele foi encontrado com um tiro no peito na manhã de domingo dentro do closet, no apartamento onde morava na Avenida Atlântica em Balneário Camboriú. Apenas uma amiga que estava no quarto ao lado teria ouvido o disparo.

Técnicos do Instituto Geral de Perícias estiveram no local para colher provas que possam auxiliar no inquérito policial. Inicialmente o velório do empresário, que aconteceu domingo, seria em um crematório em Balneário Camboriú, mas foi transferido para um cemitério em Itajaí. Uma cremação eliminaria a possibilidade de um novo exame no corpo, o que ainda pode acontecer até o fim das investigações.

O empresário, conhecido como um dos mais importantes da construção civil do sul do país inaugurou em Balneário Camboriú no mês de agosto deste ano o edifício residencial mais alto do Brasil. Empreendimento tem 167 metros divididos em 46 pavimentos. Em nota publicada na internet, a empresa lamentou a morte do empresário e ressaltou a importância de Rogério Rosa no ramo em que atuava e a boa relação que mantinha com parentes amigos e funcionários.









Últimas Notícias

Polícia

PRF/SC apresenta novas viaturas operadas em modelo de terceirização de frota

Polícia

Operação conjunta entre PRF, PMR-SC e PC apreendem 570 kg de maconha no Paraná

Polícia

Segunda etapa dos depoimentos dos acusados pela onda de ataques de 2014 no estado será nesta semana