Bem-vindo! Sábado, 23/09/2017.
Agora na TV 00:15h SHOW BUSINESS / 01:00h CINEMA NA MADRUGADA I / + programas
Busca
Tempo em SC

Turismo

COLUNISTAS

Ver todos
14/12/2016

Turismo

Recepção de turistas pelo Extremo-Oeste é discutida em reunião

Recepção de turistas pelo Extremo-Oeste é discutida em reunião Imagem: SPG / SC
Por Secom

A recepção de turistas no Extremo-Oeste de Santa Catarina foi tema de reunião do Núcleo Estadual da Região da Faixa de Fronteira nessa terça-feira, 13, em Florianópolis. Estima-se que dois milhões de argentinos visitem o Litoral catarinense na temporada de verão. Participaram do encontro o secretário de Estado do Planejamento, Murilo Flores, e o cônsul da Argentina em Florianópolis, Octávio La Croce.

“Há entraves burocráticos e de infraestrutura na recepção dos turistas, mas podemos melhorar alguns processos que darão mais agilidade na entrada de estrangeiros ao país, por Santa Catarina. O Governo do Estado vai apoiar medidas que diminuam, por exemplo, o tempo de espera na aduana durante a temporada de verão”, enfatizou o secretário de Estado do Planejamento, Murilo Flores.

“O argentino adora Santa Catarina, praias, o litoral, mas, além disso, ele tem que ter a possibilidade de conhecer o Oeste catarinense, o Centro catarinense... Vocês têm um estado muito bonito, com muita capacidade para receber turistas, e a gente tem que trabalhar para o desenvolvimento do Estado todo”, comentou o cônsul da Argentina em Florianópolis, Octávio La Croce.

Integração

Outro assunto abordado foi a integração transfronteiriça, com ênfase ao transporte e logística de grãos que abastecem a agroindústria do Oeste de Santa Catarina, avaliando-se novas alternativas para a chegada, com menor custo, do milho oriundo do Paraguai e Argentina até a região Oeste. A agroindústria catarinense traz cerca de 3,5 milhões de toneladas de milho por ano, sendo que o produto está disponível no mercado interno a mais de mil quilômetros do Oeste.

Participaram da reunião representantes das secretarias estaduais de Turismo, Cultura e Esporte, Assuntos Internacionais, Infraestrutura, das ADRs de Chapecó e São Miguel do Oeste, Prefeitura Municipal de Dionísio Cerqueira, Câmara de Comércio Santa Catarina-Argentina (Representação de Chapecó), Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), Sebrae e Fiesc.

Sobre o Núcleo Estadual da Faixa de Fronteira

O Núcleo Estadual de Integração da Faixa de Fronteira do Estado de Santa Catarina (NFSC) foi instalado em agosto de 2013 com o objetivo de coordenar ações e propor medidas que visem ao desenvolvimento de iniciativas e a implementação de políticas públicas para a região fronteiriça. É vinculado à Secretaria de Estado do Planejamento.

O NFSC conta com o assessoramento técnico de oito Câmaras Temáticas (nas áreas da Educação, Saúde, Infraestrutura e Logística, Controle e Segurança, Desenvolvimento Econômico, Desenvolvimento Socioambiental, Agricultura, Pecuária e Pesca e Turismo, Cultura e Esporte), cujos focos de atuação correspondem às prioridades definidas no Plano de Desenvolvimento e Integração Fronteiriço de Santa Catarina (PDIF/SC).

A Faixa de Fronteira Catarinense abrange 82 municípios dentro do espaço territorial de 150 km que adentra ao interior do Estado, a partir da linha limítrofe entre o Estado de Santa Catarina e o país vizinho, a Argentina. 









Últimas Notícias

Turismo

Assistente virtual vai ajudar turista a planejar viagem por Santa Catarina

Turismo

Número de municípios catarinenses no Mapa do Turismo Brasileiro aumenta em 2017

Turismo

Inscrições abertas para o seminário Gestão e Sustentabilidade do Turismo Serrano