Bem-vindo! Quinta, 20/07/2017.
Agora na TV 11:00h JOGO ABERTO / 12:30h MEIO-DIA CATARINA / + programas
Busca
Tempo em SC

Terça-feira, 30.04.2013 Figueira quer 'camisa 10'. Saiba dois nomes que estão na lista

Olá, queridos leitores! O Figueira está em busca do tal camisa 10. A ideia é trazer um meia armador com capacidade técnica para segurar a bola e criar jogadas (lançamentos e passes rasteiros em profundidade) para colocar os atacantes na cara do gol.

Testes foram feitos no Catarinense e ninguém foi aprovado pela comissão técnica. Botti não encaixou, Maylson não tem essa característica, Gerson Magrão muito menos e Felipe Nunes também não correspondeu quando colocado nesse setor.

Já falei algumas vezes no Jogo Aberto SC que o sucesso da contratação de Rafael Costa passa pela vinda de uma segunda peça: um bom lançador, com ampla visão de jogo para servir com precisão o rápido e robusto novo atacante do Furacão, vulgo “Pelezinho”.

Pois bem.

Dois nomes estão na lista alvinegra para ser o bendito camisa 10.

Quem são eles? Quem virá para o vosso reino, torcedor do Furacão?

A resposta pode estar nos dois próximos parágrafos.

Evandro, meia de 26 anos. Atleta com passagem pela seleção brasileira de base em 2005 quando disputou, na Holanda, o Mundial Sub-20. Nessa competição o Brasil foi o 3º colocado. Evandro começou nos profissionais do Atlético-PR (2005) e depois passou por Palmeiras, Goiás, Atlético-MG (Campeão Mineiro 2010), Vitória e Crvena Zvezda (Croácia). Último clube: Evandro disputou o Campeonato Português 2012-2013 pelo Estoril Praia. Lá em Portugal disputou 28 jogos (Português, Taça Portugal e Taça da Liga) e marcou 3 gols. Nessas 28 partidas o brasileiro foi titular em 22 oportunidades e, consequentemente, foi suplente nos outros 6 confrontos. *Evandro foi apresentado no Figueira em 2010, mas não pode jogar a Série B por ter assinado contrato com outras duas equipes naquele mesmo ano (Vitória e Atlético-MG). Artigo 38 do Regulamento de Competições da CBF: “Um clube não poderá incluir em sua equipe um atleta que já tenha atuado por dois outros clubes, em quaisquer das séries do campeonato brasileiro, na mesma temporada”.

Carlos Alberto, meia de 25 anos. Jogador formado no Botafogo-SP (2010) conta com passagens por Treze-PB e Luverdense-MT. Último clube: disputou Paulistão 2013 pelo Mogi Mirim. Lá participou de 17 jogos (14 como titular e reserva em outros 3) e marcou 6 gols.

Virão os dois? Pode ser.

Virá somente um deles? Também é possível.

Não virá nenhum dos dois? É outra possibilidade.

O que é certo? Ambos estão em pauta nas mesas de negociação do Orlando Scarpelli.

Faça a sua aposta!

HASTA LUEGO!

(Gustavo Bossle é jornalista - sim, formado - desde 1999. Apaixonado por esportes. Principalmente por basketball, futebol e ciclismo. Ah! Também prefiro Jogos Olímpicos a Copa do Mundo.)




Evandro, meia de 26 anos, está na lista do Furacão
Carlos Alberto, destaque do Mogi Mirim, também interessa ao Figueirense

Postado por Gustavo Bossle às 17:00 | Marcadores: Figueirense   Contratação   Contratações   Carlos Alberto   Evandro  

Terça-feira, 30.04.2013 Que baita rio!

O primo da roça, Pedro Anacleto, finalmente viajou para o litoral. Veio passar uns dias com Sebastian, o primo da cidade. O nome deste foi coisa da mãe, uma Argentina que por aqui esteve, daqui gostou e por aqui ficou. Pedro, por sua vez, ainda era um daqueles caipiras das antigas, de pouco estudo - mas de muita prosa -, quase intocado pelos ventos da modernidade. Talvez o último exemplar deles. Chegou de longe, lá da divisa do grande mato com o rio que faz curva. Na verdade parecia ter saído de algum livro de Monteiro Lobato.

- Sarve, Sebastião!

- Sebastian, primo. Sebastian.

Tudo era novidade para o primo caboclo naquele “canavial de concreto”. Primeiramente os dois foram ao Shopping, aquele formigueiro de gente que não sabe o que quer. Pedro Anacleto não queria encarar a escada rolante, mas encarou, meio desconfiado. “Eita pessoar preguiçoso!” Na Praça de Alimentação beberam chope e observaram as saias curtas das garotas iguais, cheias de tatuagem, piercing (Como, primo?) e outros penduricalhos. Entraram numa drogaria, pois Sebastian precisava comprar comprimidos e camisinhas. Pedro viu aqueles pequenos tonéis transparentes e quis provar a danada de um e de outro, mas sem pagar pelas doses. Como havia um vendedor apenas, e o mesmo cuidava de Sebastian, foi fácil para o intrépido caipira se servir de três ou quatro copinhos, sorrateiramente.

No estacionamento Sebastian perguntou se o primo havia gostado do Shopping. De argumas coisa sim, de outras não – resmungou o matuto.

- A pinga de oceis num é que nem aquela lá da gente, boa de alevantá inté defunto. Essa daqui tem gosto de perfume que as muié usam.

Quando chegou na praia, e foi sua primeira vez, Pedro Anacleto não se conteve:

- Que baita rio, primo!

- É o mar, Pedro, o mar.

- Que baita assim mesmo!

Foram se instalar na areia: Sebastian procurando não se parecer com os farofeiros; Pedro Anacleto querendo colocar o pão, o salame e o queijo colonial sobre uma toalha de plástico. Mas desistiu do intento porque o primo o recriminou imediatamente: - Qual é, mano? Depois a gente come um sanduba natural. E o chamou para um banho no mar. Sebastian na frente, com ginga de surfista; Pedro logo atrás, trazendo sabonete e toalha.

Alguns micos depois os dois se acomodaram debaixo de um guarda-sol. Pedro Anacleto

nunca tinha visto tanta mulher quase-pelada num lugar só; aliás, em lugar nenhum, a não ser no calendário do posto de gasolina.

- Deve de custá bem poco a ropa dessa muierada. Quase num tem pano.

E não tirava os olhos daquele oceano de curvas, ondulações, reentrâncias, etc. Então percebeu que a coisa passava dos limites.

- Primo, vô vortá pro mar, eu mais o “cumpadre”.

- Mas a água tá muito fria. Lembra?

- Bem por isso, primo, bem por isso.





Postado por Jaime Ambrósio às 10:53 | Marcadores: Muié   Tatuagem   Cumpadre  

Sexta-feira, 19.04.2013 Vai começar: Playoffs da NBA

Olá, queridos leitores! Nesse sábado começa a fase dos playoffs da NBA. E é evidente! Eu não poderia deixar de dar o meu pitaco sobre os cruzamentos desse ano, extravasar um pouco dessa minha paixão e compartilhar com vocês algumas informações.

Graças aos avanços da tecnologia tive a possibilidade de acompanhar vários confrontos da temporada regular. Isso quase diariamente. Afinal, no basquete não tem essa de jogar um dia e folgar outros três. A vida de atleta nesse esporte tem uma cultura e concepção diferentes do futebol, por exemplo.

Tenho muitos amigos que acompanham o melhor basquete do mundo somente a partir da fase dos jogos mata-matas. Por isso resolvi criar uma espécie de “Mini-Guia Comentado e Pitacado™”.

Começaremos pela Conferência do Oeste (o numeral ao lado do time corresponde a classificação da franquia na temporada regular):

Miami Heat (1) x Milwauke Bucks (8): Big 3 é Big 3, né?! Heat é favorito não apenas nesse confronto, mas também para conquista do título junto com outras 3 equipes. Porém, vale ficar de olho em 3 nomes dos Bucks: Monta Ellis, Brandon Jenings e JJ Redick (reserva e excelente arremessador de 3 pontos). Dá Miami com série de 4x1.

NY Knicks (2) x Boston Celtics (7): Um clássico! Carmelo, Camby, Kidd, Kenyon Martin, Stoudmire e Chandler formam um New York muito consistente tanto no ataque, quanto na defesa e principalmente com opções no banco. Pinta de campeão? Será?! Já o Boston sofreu para achar um armador depois das lesões de Rajon Rondo e Leandro Barbosa. Paul Pierce, Jason Terry e Kevin Garnet precisarão superar essas e outra grande dificuldade: a inexperiência do elenco. Dá NY com série de 4x2. (Celtics tem o brasileiro Fab Melo. Ele atuou em apenas 6 jogos nessa temporada. Calouro, foi pouco aproveitado. Especialistas de Boston vêem grande potencial no jovem de 22 anos que poderá aprender muito com KG.)

Indiana Pacers (3) x Atlanta Hawks (6): O duelo mais sem graça dessa fase. Abstenho-me de falar dos dois times e consequentemente vou poupar meus leitores Dá Indiana com série de 4x2.Se eu sei pouco sobre ambos times? Imagiiiiina.

Brooklyn Nets (4) x Chicago Bulls (5): O confronto mais equilibrado dessa primeira rodada dos playoffs. A franquia caçula da temporada surpreendeu com um ótimo rendimento. Beneficiada, também, pela debandada de algumas estrelas do leste para o oeste, assim teve o caminho facilitado. Independente disso conseguiu uma respeitável 4º colocação na conferência. Algo significativo. O cara do time é o pivô Brook Lopes, mas não se pode deixar de citar outros dois: Deron Williams e Joe Jhonson. Nos Bulls, nesse ano, o time superou a ausência de Derick Rose (deve voltar a jogar nesse playoff). Joakim Noah chamou a responsabilidade e não decepcionou. Ajudado – e muito – pelos preciosos pontos de Luol Deng. Dá Bulls com série de 4x3.

Conferência do Oeste (o numeral ao lado do nome do time corresponde à classificação da franquia na fase classificatória):

Oklahoma City Thunder (1) x Houston (8): Chance para James Harden provar que é muito mais que um simples “6º homem” e para Jeremy Lin provar que Havard forma, também, grandes campeões do basketball. É uma chance e só. Nada mais do que isso. Muita pretensão imaginar os Hockets passando pelo Thunder. Sou beeeem mais o trio Kevin Durant, Westbrook e Serge Ibaka. Esses três dão uma intensidade incrível na partida nos dois lados da quadra (defensivo e ofensivo). Dá Thunder com série de 4x1.

San Antonio Spurs (2) x Los Angeles Lakers (7): Sem Kobe, sem chance! Os fãs de basquete lamentaram a saída de Kobe Bryant justo na fase em que ele mais aparece. Ele é fominha? É. Mas resolve quando o calo aperta. Howard não se achou na franquia. Gasol de preterido passou a ser decisivo. Uma montanha russa no melhor estilo Six Flags Mountain. Do outro lado está uma equipe bem mais centrada, com muito poder defensivo e a frieza de Duncan para conseguir resultados improváveis. Dá Spurs com série de 4x0 (Os Spurs contam com o pivô catarinense Thiago Splitter. Nessa temporada o moço de Blumenau desencantou e alcançou a expressiva marca de 10.3 pontos por jogo e média de 24 minutos jogados por partida)

Denver Nuggets (3) x Golden State Warriors (6): Esse duelo se resume em dois nomes: Steven Curry (armador GSW) e Ty Lawson (armador DN). Tá, tá. Gallinari também pode fazer alguma coisa nas bandas do time do Colorado. Já os Warrios têm mais algumas peças (David Lee, Klay Thompson e Jarret Jack) e isso fará a diferença. E mais... se Curry estiver “naqueles” dias, esqueçam! Ele é capaz de fazer nevar mais do que em Aspen em dia de avalanche. Steven Curry foi o “showman” na segunda parte da temporada regular – dividida pelo All Star Game. Dá Golden State com série de 4x2.

Los Angeles Clippers (4) x Memphis Grizlies (5): “O Chris Paul é nosso, vai começar a festa!”, canta a torcida patinho feio de LA. Eleito o MVP do All Star Game o armador habilidoso, quase perfeito nos chutes de média distância, ótimo nas assistências e incrível nas infiltrações é definitivamente a peça mais importante para desequilibrar este duelo. Blake Griffin é altamente limitado quando se afasta da cesta. Porém, embaixo dela... Jesus! É um troglodita! Tem também Jamal Crawford e o seu bom arremesso da linha dos 3 pontos (na última quarta-feira, contra os Kings de Sacramento, ele converteu 6 de 8 tentativas). No Memphis tem o reboteiro e cestinha do time Zach Rodolph, Tayshaun Prince e a versão genérica – de qualidade – de Paul Gasol, o irmão Marc Gasol. Dá Clippers com série de 4x0.

Seguindo meus delírios de “Pai Diná”, depois ficaria assim:

Semifinais da Conferência Leste: Miami x Chicago e Indiana x NY

Semifinais da Conferência Oeste: Oklahoma x Clippers e Golden Stante x Spurs

Finais da Conferência Leste: Miami (se Derick Rose não voltar) ou Chicago (se Derick Rose voltar) x NY

Finais da Conferência Oeste: Oklahoma x Spurs

Finais da NBA: NY x Oklahoma

Campeão: New York Knicks!!!

Agora é esperar para ver, né?! Uma coisa é certa: esses jogos dos playoffs nas semifinais serão fantásticos!!!

Você quer os 6 números da mega-sena? Deixe seu recado após o sinal.

Ah! Quem quiser desfrutar do “NBA League Pass” é só entrar no site NBA.com e seguir as orientações para fazer a assinatura do plano. Inclusive há uma promoção de gratuidade para brasileiros nos jogos dos playoffs dos dias 20 e 21 de abril. É uma boa pedida para acompanhar “de boa” a partida 1 das séries melhor de 7. É possível assistir simultaneamente 4 duelos diferentes. ES-PE-TA-CU-LAR!

Sonho o dia em que teremos algo similar no futebol brasileiro. Mas isso é papo para outra coluna.

HASTA LUEGO!

(Gustavo Bossle é jornalista - sim, formado - desde 1999. Apaixonado por esportes. Principalmente por basketball, futebol e ciclismo. Ah! Também prefiro Jogos Olímpicos a Copa do Mundo.)





Postado por Gustavo Bossle às 17:53 | Marcadores: Gustavo Bossle   Nba   Playoffs   Guia   Pitacos  

Terça-feira, 02.04.2013 Umas e outras avulsas

SE BALADAR NÃO DIRIJA
Por dúvida das vias, e do álcool, pegou um táxi. Certo. O problema, no dia seguinte, foi lembrar em qual balada havia deixado o carro.
***
PINGA SÓLIDA
Uma marca famosa lançou o sorvete de cerveja. Logo vai aparecer picolé de cachaça, nos melhores butecos de esquina.
***
ÓI NÓIS AQUI
Na Fazendinha Vaca Malhada, que nem o Censo sabe onde fica, o caboclo Anacleto, que adora uma chacota, explica ao primo da cidade uma alternativa de pesca sem o uso do caniço e do anzol. Basta jogar nas águas do rio um punhado de fumo de corda picado e esperar. Quando os peixes colocarem a cabeça fora da água pra cuspir é só dar uma cacetada no cocuruto deles.
- Manjô, primo? Nóis num é burro, não!
***
NÃO QUERIA DIZER AQUILO
Sujeito das antigas chega empolgado, sem saber ao certo o que dizer pra sujeita, e diz: "Folgo em vê-la". E ela: "Não gosto de gente folgada, tá?" Toin!
*Beira-mar Continental. Caminhando e se achando, seguindo os conselhos médicos. Bom pra pressão e pro colesterol, o bom. Alguém tenta ultrapássa-lo. Deixa, gentilmente, como Barrichello. Orra, Faustão! Era uma velhinha! Apressou, não perderia pra ela...Usou todo o gás, passou, feito um garoto, Senna... Ops! Pit stop. Língua de fora. A velhinha indo, rindo...Jurou que iria parar de fumar, de novo.**

***
QUANDO CERTAS PALAVRAS OUEXPRESSÕES SIGNIFICAM OUTRA COISA
VOMITÃO: forma aglutinada que significa: Vamos, então?
ATUCANADO: rapaz perdidamente apaixonado por uma garota chamada Tuca.
IL GRAN MICO: King-Kong no Paraguai.
GLOBALIZAÇÃO: ato praticado por aqueles que assistem apenas à Rede Globo.
ÉS O MAIÓ!: declaração de uma formiguinha indefesa ao ser assediada por um tamanduá.
FIGUEIRENSE: aquele sujeito centenário que adora ficar sentado debaixo da figueira da Praça Quinze, também centenária, espiando um jornal e deixando a vida passar...
***
FRASE PERDIDA NA REDE
"Há um lugar no Brasil onde não existe político corrupto: a cadeia"

***
OUTRA
"Aprenda uma coisa, e não esqueça: o mundo não gira em torno de você, a não ser quando você bebe demais!"

***
LATINHA E LÁ NÃO TINHA
Cena 1. Supermercado. Refrigerador da coca. Sujeito reviranRdo as latinhas personalizadas, quereno achar uma com o nome da namorada. Cena 2. Funcionário pergunta (por causa da demora) se quer ajuda. Sujeito explica... Funcionário pergunta: Qual o nome dela? Sujeito: Esvreldina.

***

PIT STOP

Beira Mar Continental. Caminhando e se achando, seguindo os conselhos médicos. Bom pra pressão e pro colesterol, o bom. Alguém tenta ultrapassá-lo. Ele deixa, gentilmente, como Barrichello.Orra, Faustão, era uma velhinha! Apressou, não perderia pra ela, nem por educação... Usou todo o gás, passou, feito um garoto, o Senna... Ops! Pit Stop... Língua de fora, respiração ofegante. A velhinha indo, rindo... Jurou que ia parar de fumar, de novo.





Postado por Jaime Ambrósio às 10:50 | Marcadores: Baladar   Butecos   Toin  

Todo os posts mais antigos Todos os posts mais recentes