Bem-vindo! Domingo, 24/09/2017.
Agora na TV 12:30h SHOW DO MEI / 13:00h PORSCHE CUP / + programas
Busca
Tempo em SC

Sexta-feira, 15.07.2016 Quitando dúvidas

Se no comércio em geral há programas para o cidadão inadimplente quitar suas dívidas, perdoando-lhe juros, parcelando os débitos, etc, também há quem tente fazer algo parecido, como o malandro que mudou a grafia de uma palavra-chave em proveito próprio.
O sujeito aproveitou um espaço frontal da casa onde morava, como se fosse mais uma igreja de esquina, e colocou uma grande faixa na entrada: “ÚLTIMOS DIAS PARA QUITAR DÚVIDAS”. Quitar dúvidas? Sim, dúvidas existenciais, dúvidas de qualquer natureza.
Sobre o amor.
- Zé Zen, o Zaroaldo me deixou por outra, quequeu faço da vida?
-Arrume outro, filha, que a vida não para. E deixa um incentivo ali na caixinha.
Sobre a crise.
- Se pago o mercado, falta pro boteco; se devolvo o que emprestei, não sobra nada. Que faço, Zé Zen?
- Paga um pouco pra cada um, e bebe menos, homem! Não esquece da gorjeta ali.
Sobre a locomoção.
- Queria comprar uma moto, mas pra isso teria que vender o fusca; mas o fusca é bom quando chove...
- Fica com o fusca, economize e compre uma bicicleta usada. E molha a mão do velho...
Até que chegou uma mulher que Zé Zen “demorou um pouco pra reconhecer”.
- Vim aqui quitar uma dívida.
- Um dúvida, a senhora quis dizer? Olha a faixa na entrada!!
- Não, é dívida mesmo, do aluguel que o senhor me deve há seis meses, e agora aqui, tranquilamente juntando uma grana pra se mandar! Olha lá fora a viatura da polícia, seu pilantra!
- E agora, quequeu faço? – ruminou o Zé Zen, em dúvida e na dívida. 





Postado por Jaime Ambrósio às 18:14 | Marcadores: Zaroaldo   Dívida   Locomoção  

Todo os posts mais antigos Todos os posts mais recentes