Bem-vindo! Terça, 20/02/2018.
Agora na TV 03:00h IGREJA UNIVERSAL / 06:00h MEMBROS DA IGREJA DE DEUS INTERNA / + programas
Busca
Tempo em SC

Geral

COLUNISTAS

Ver todos
07/02/2018

Geral

Santa Catarina realiza ações de prevenção às infecções sexualmente transmissíveis no Carnaval

Santa Catarina realiza ações de prevenção às infecções sexualmente transmissíveis no Carnaval Foto: James Tavares/Secom
Por Secom

O cuidado na prevenção das infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) deve ser o ano todo, mas no período de Carnaval a atenção deve ser redobrada. Para ressaltar a importância do uso de preservativos em todas as relações sexuais, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) repassou cerca de 3 milhões de preservativos (femininos e masculinos) para que os municípios distribuam antes e durante todo período do Carnaval.

Também foram enviados 100 mil sachês de gel lubrificante e 85 mil leques informativos. O leque lista as ISTs mais comuns, como cancro mole, HIV/Aids, donovanose, gonorreia, tricomoníase, sífilis, HTLV, hepatites virais, LGV, herpes genitais, DIP e HPV, além de abordar a gravidez indesejada como consequência do sexo inseguro.

Para Eduardo Campos de Oliveira, médico infectologista da Dive, o uso de camisinha é a forma mais simples e efetiva de garantir proteção durante as relações sexuais. “Além de evitar uma gravidez indesejada, ela reduz os riscos de doenças como a infecção pelo HIV, a sífilis e as hepatites virais”, afirma o médico. O médico reforça a necessidade de rapidamente buscar auxílio médico nas unidades básicas de saúde se houver a presença de sintomas de qualquer uma das ISTs.

Para os que se expuseram ao risco do contato com o HIV, por meio de relação sexual desprotegida, existe a Profilaxia Pós-Exposição (PEP). “Trata-se de um tratamento com medicação antirretroviral, que deve ser iniciado em até 72 horas após a provável exposição ao vírus e deve ser continuado por 28 dias, sempre sob orientação médica”, explica o diretor da Dive, Eduardo Macário. Esta é uma das medidas de prevenção que se associa à tradicional orientação pelo uso regular de camisinha ou o uso de medicamentos anti-HIV.

Para saber os locais que oferecem a PEP e o Teste Rápido para HIV, sífilis, hepatites B e C no estado, basta acessar www.aids.sc.gov.br. 









Últimas Notícias

Geral

Vestibular de Verão 2018 da Udesc convoca 528 candidatos na segunda chamada

Geral

Inscrições para Escolinha de Artes serão realizadas na próxima semana

Geral

Programa Mesa Brasil doa mil toneladas de alimentos para famílias carentes da Grande Florianópolis